DIÁRIO DE VIAGEM – LENÇÓIS MARANHENSES DIA 05

Oiee!!

Continuando o diário da minha viagem lááá de Junho 🙂 Para ver sobre os outros dias, é só clicar aqui!

Esse dia foi um dos mais encantadores. Sem pensar duas vezes, responderia que foi o lugar mais bonito que já vi na vida.

Saímos cedo de Barreirinhas com destino aos Lençóis Maranhenses. Eu já tinha ouvido falar e visto fotos, mas estar lá é outra coisa. Assim que pegamos a balsa para atravessar o rio nosso guia perguntou se iríamos almoçar lá e passou pra gente quais eram as opções. Achamos a situação engraçada mas ele explicou: lá não tem restaurantes e tem somente uma senhora que faz o almoço de acordo com a quantidade de pessoas e a preferência (tinha carne, frango e camarão). Então logo cedo já encomendamos nosso almoço.

Inicialmente, o nosso passeio era apenas em uma das lagoas, ou seja, sem almoço e só um período. Devido os problemas que tivemos com o primeiro guia e toda a falta de vontade dele, insistimos que mereceríamos uma compensação hahaha. Foi a melhor coisa que ganhamos, pois vale muito apena fazer as duas principais lagoas (Lagoa Azul e Lagoa Bonita), ou seja, um dia inteiro.

O caminho todo até os Lençois é impressionante, é só uma estrada no meio da vegetação passando por dentro de “poças” que vão formando por causa das chuvas. Nas fotos vocês entendem o que eu quero dizer hahah. Cerca de uma hora de carro que somente um guia saberia levar!

Quando chegamos, a vista é impressionante, principalmente quando paramos para pensar que o que vemos é só um pequeno pedaço. Aquela paisagem estende-se por 155 mil hectares. Não tinham muitas pessoas visitando, passa até a impressão que é um lugar ainda pouco explorado pelos brasileiros, ainda bem! 🙂 Nada de lanchonetes, guarda-sol, vendedores ambulantes, nem nada do tipo. O ideal é levar uns lanchinhos (levamos frutas e bolachas), muita água e protetor solar. As águas são transparentes e não tem nenhuma sombra.

Partimos pro almoço e mais uma vez ficamos impressionados. O lugar era simples, com fogão a lenha, sem energia elétrica e sem nenhuma tecnologia! Vocês conseguem imaginar um lugar assim hoje? Eu fiquei impressionada. A comida era ótima, adoramos tudo. Descansamos depois do almoço nas redes que tinham lá e fomos para a segunda parte.

Apesar de existirem as lagoas mais famosas que são as maiores e mais fundas, escolhemos uma só pra gente passar a tarde hahah. São tantas opções que não é aquela lotação de gente, sabem? Adorei isso. Ficamos tranquilos, sozinhos, sem barulho, aproveitando a natureza e a beleza daquele lugar.

No fim do dia, fomos assistir o pôr do sol em cima das dunas para depois voltar pra pousada.

dia 05

Ali em cima coloquei uma foto da visão “do outro lado” dos lençóis, que é de onde viemos. Viram como não tem nada ao redor? Só árvores e mais árvores! Nessa última parada ainda tinham umas barraquinhas vendendo tapioca (hmmm delícia!), café e artesanato. As pessoas que vendem ali moram nos arredores, mas nada de luxo também, vivem com simplicidade e provavelmente uma vida muito diferente da nossa.

Por fim, uma selfie com o nosso guia (o Lindinho) que foi muito prestativo!

Para saber mais sobre os Lençóis Maranhenses, achei esse site!

O próximo post vou mostrar o último dia e mais informações sobre as pousadas e o roteiro que fizemos!

Beijos,

ana-caroline

One thought on “DIÁRIO DE VIAGEM – LENÇÓIS MARANHENSES DIA 05

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *