MUNIQUE E INNSBRUCK – CONTIKI – EUROPEAN DISCOVERY

Oie! O que estão achando dos posts do meu Contiki?!

Hoje continuo pela Alemanha, após St. Goar, fomos em direção à Munique e chegamos umas 5h depois.

Chegamos direto ao hotel e tínhamos 1 hora livre antes de ir ao centro fazer um walking tour e como era sábado, tínhamos opção de ir para alguma baladinha depois. Ah, vou abrir um parenteses para contar um pequeno perrengue que passei…

Assim que acordei no hotel de St. Goar, que aparentava ser muito melhor que o de Amsterdam, me arrumei, sentei na cama para mexer no celular, quando olho em cima da cama, bem perto do travesseiro, tinha um BED BUG!!!!! Gente, na cama que eu tinha ACABADO de acordar e passar uma noite INTEIRA. Eu dei uma pirada real, pois esse era meu maior medo da viagem. Para quem não sabe, resumidamente, o bed bug é tipo um carrapato que se alimenta de sangue humano. Todos os relatos que eu tinha lido diziam que COÇA MUITO e pode estragar a viagem. Acontece que já era hora da saída do ônibus e eu não tive como tomar banho nem ver se tinha alguma picada no meu corpo.

Passei basicamente o dia todo me coçando, eu não sabia se era real ou se era psicológico, sabe quando tudo que você precisa é tomar um banho? Cheguei em Munique e decidi que naquela uma hora eu precisava de um, nem que eu saísse toda desarrumada para o resto do dia. Sai voando do ônibus, combinei tudo com minha roommate, nem chequei a lista dos colegas de quarto, pegamos a chave e subimos. Entrei no banho e uns 5 minutos depois ouvi uma outra voz em nosso quarto, pensei que fosse uma visita, sei lá…

Sai do banho, minha mala já tava toda bagunçada, eu claramente atrasada (acho que só tinha mais 15 minutos pra terminar de me arrumar), a outra menina que tava no meu quarto me olha e diz: acho que esse não é seu quarto. Gente, me deu um ruim TÃO grande kkkkkkk fiquei tipo, como assim? Os colegas de quarto não mudam, falaram que seria eu e a minha rommie forever together e agora tão me dizendo que não sou aqui???? Sai desesperada para achar guia, que graças a Deus ainda estava na recepção do hotel. Acontece que nessa noite rolou uma confusão e algumas mudanças aconteceram mesmo. Lá foi eu, com a mala toda zoada, de toalha na cabeça, recém saída do banho, sem make, trocar de quarto e com 10 minutos para terminar de me arrumar.

No fim a minha nova rommie também era legal, estava tão atrasada quanto eu, o quarto era mil vezes maior e a minha guia falou que com essas confusões do quarto tínhamos um tempinho a mais. Consegui ficar apresentável e nossa guia ligou para o nosso quarto porque todo mundo já tava no ônibus esperando a gente hahaha, foi péssimo, porque todos viram que era a gente que tava atrasada, mas eu não tinha culpa né?!

Ah, e sem picadas de bed bugs, após o banho me senti limpinha e agora estávamos hospedadas em um Ibis, que é infinitamente minha recomendação, porque é padrão, limpo, café da manhã ótimo e na dúvida, recomendo se hospedar em um para não ter surpresas desagradáveis. Ah, sempre é bom dar uma conferida na cama, em baixo do lençol para ver se não tem nenhum desses bichinhos que podem arruinar a viagem. Eu fiz isso o resto dos dias haha

Bom, após toda essa confusão, fomos ao centro de Munique. Tínhamos uma hora livre por lá até a Walking Tour começar. Ficamos só andando ao redor do ponto de encontro mesmo, com medo de nos perdermos. O guia dessa Walking Tour era gente boa e já no começo deu 2 minutos para comprarmos cerveja haha. Fomos andando por alguns lugares turísticos e depois tínhamos a noite livre. A grande parte do grupo acabou no famoso Hofbrauhaus, um lugar gigante com uma das melhores comidas da viagem. Estava lotado e tivemos que separar em pequenos grupos para conseguirmos mesa. Foi bem legal porque já estávamos mais enturmados e conversamos bastante. O atendimento foi demorado, mas o lugar é bem típico, comida deliciosa e dava de ver que vários locais estavam por lá, inclusive sentamos do lado de umas meninas que nos deram dicas do que comer.

 

Após, todos foram para uma balada, a 089 Bar. Eu achei o lugar muito legal, tocou músicas que eu gosto e todo o grupo se divertiu muito. Ao fim da noite, fomos todos de metrô para voltar ao hotel e durante a espera, ficamos brincando de “eu nunca”. É engraçado como nessa ponto da viagem, após 3 dias, já éramos todos amigos.

No domingo, o ônibus saiu as 09:15 rumo à Innsbruck, na Áustria. A recomendação é que já saíssemos bem agasalhados pois iríamos subir os alpes e a previsão era de chuva. Pegamos somente 2 horas de estrada e já estávamos lá.

Não sei se é porque tivemos mais tempo nessa cidade, ou se foi a surpresa ao subir as montanhas, mas foi meu lugar favorito do roteiro. Chegamos e visitamos a loja da Swarovski, achei os preços bem atrativos e valeu a pena a visita. Depois ficamos andando pelo centrinho da cidade, almoçamos e estava bem frio e chuvoso. Achei que deu um charme ainda maior à cidade.

Às 14h o grupo todo se encontrou pra subir os alpes. Esse foi o opcional que mais valeu a pena, fomos na Nordkette Mountain e quando pegamos a gôndola para subir, no meio do caminho ficou tudo branquinho e nevando! Era muita muita muita neve e como estava nublado na cidade, nunca imaginei que só pegando subindo lá iríamos encontrar isso. No início as árvores estavam típicas de outono e no meio do caminho elas ficaram todas brancas. A experiência mais incrível que já tive. Ao chegar no topo, como a maioria do grupo está acostumado em conviver com a neve, rolou guerra de bolas de neve, anjinho no chão, chocolate quente e aproveitamos o resto da tarde por lá, foi surreal.

O final do dia foi no hotel Dollinger, um dos melhores da viagem. Super limpinho, confortável e com vista para os alpes. A janta era inclusa e boa parte do grupo ficou no bar do hotel conversando e experimentando bebidas locais até fechar. Depois, alguns foram para outro lugar mas eu fui dormir, estava bem cansada e no outro dia saíamos as 07:30h para a Itália.

Assim foi a passagem por Munique e por Innsbruck, gostaram?

O próximo post será sobre Veneza, Roma e o Vaticano!

Beijos,

Ana Caroline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *