RHAPSODY OF THE SEAS – DICAS E DÚVIDAS

Rhapsody of the Seas

Antes de ir viajar no final do ano passado, pesquisei muito sobre o navio em que iríamos, o Rhapsody of The Seas. Como ele nunca havia feito uma temporada no Brasil, não encontrei quase nenhuma informação em português, e as que encontrava em inglês não eram relatos pessoais, mas sim reviews de sites de viagens.

Como eu tinha muitas dúvidas e curiosidades sobre esse tipo de viagem, acredito que a maioria das pessoas que vai pela primeira vez também tenha. Por isso, resolvi fazer um estilo de questionário com as prinicpais dúvidas que eu tinha que foram respondidas apenas durante a viagem. Assim, espero poder ajudar quem também está passando pelo o que passei!

Lembrando que estas informações são específicas do cruzeiro que eu fiz, podendo ser diferentes em outros navios e empresas, ok?
Rhapsody of the Seas

    • A alimentação está inclusa no cruzeiro?
      Nos navios da Royal Caribbean, todas as refeições são inclusas. Porém, existem restaurantes de especialidade que são cobrados a parte e requerem reservas

Rhapsody of the Seas

    • Quais são os restaurantes inclusos? 
      No Rhapsody of the Seas, três restaurantes têm as refeições inclusas. O Windjammer oferece um buffet em todas as refeições e é super informal. Como fica ao lado da piscina, é possível se servir e curtir a área externa enquanto almoça, super gostoso. A comida é muito boa e super variada. Não é preciso fazer reservas. O Edelweiss é o restaurante mais formal do navio e serve café da manhã, almoço e jantar. Para a noite, é preciso fazer reservas, escolhendo o turno do jantar ou o horário da sua preferência. O sistema é a la carte e os pratos são super sofisticados e muito bons! O Park Cafe é uma opção mais rápida que fica no Solarium, área da piscina interna. São servidos lanches mais práticos em um buffet e também atende todas as refeições sem reservas. É bom para um café da tarde ou um late snack a noite.

Rhapsody of the Seas

    • Quais são as bebidas inclusas?
      No Rhapsody of the Seas estão inclusas as bebidas “de máquina”, ou seja, água, chá gelado, sucos que variam de sabores (laranja, frutas vermelhas, mas na maioria das vezes limonada), café e chás. Quem não bebe muita bebida alcoólica nem refrigerante consegue se virar muito bem com essas bebidas inclusas.

Rhapsody of the Seas

    • É preciso fazer reserva para o teatro?
      Não é preciso fazer reserva para as apresentações do teatro. Elas costumam acontecer sempre em dois horários, possibilitando que todos assistam a todas as noites de shows, sem importar o horário do jantar.

Rhapsody of the Seas

    • Como funcionam os pagamentos dentro do navio?
      Dentro do navio é utilizado dinheiro vivo apenas no casino. Em todos os outros lugares, o seu cartão do quarto (Sea Pass) irá funcionar como cartão de crédito também. Você passará ele todas as vezes em que comprar algo e no final do cruzeiro pagará a fatura no Guest Services.

 

    • É preciso ter cartão de crédito internacional para utilizar no navio?
      Não. Na hora do check in você pode cadastrar um cartão para que as despesas sejam faturadas automaticamente para o seu cartão, assim você não precisa fechar a conta no final do cruzeiro. Mas se você preferir pode pagar as despesas em dinheiro no fim da viagem, basta selecionar a opção “Dinheiro” na hora do check in online.

 

    • Como sei a programação diária do navio?
      Toda noite é deixada a programação e todas as informações do dia seguinte na sua cabine. Assim fica fácil se programar para todas as atividades!

 

    • Que tipo de roupa devo usar nos jantares?
      Nos restaurantes de especialidade, no Windjammer e no Park Cafe, você pode ir com qualquer roupa, não existe uma “regra”. Apenas no Edelweiss que o traje é sugerido. E Isso você verá sempre na programação do dia seguinte. Nela sempre estará a sugestão de traje para jantar, como informal, semi-formal, formal e de gala, por exemplo. Existem também noites em que o traje é sugerido por cor, como a noite do branco, etc. Mas tudo isso é apenas sugestão deles para que a gente entre no clima da noite. Se você estiver de calça jeans na noite de gala, não será proibida de entrar haha.

Espero ter ajudado quem está planejando uma viagem de cruzeiro com o Rhapsody of the Seas!

Beijos,
Carol-Borba

RHAPSODY OF THE SEAS: CONHECENDO O NAVIO

Oi, meninas!
Como vão?

Bom, um assunto que vai render alguns posts por aqui é o cruzeiro que eu fiz no final do ano passado. Hoje, para começar, vou contar um pouco sobre o navio em que viajamos, o Rhapsody of the Seas, da Royal Caribbean.

Rhapsody of the Seas

Na hora de selecionar o cruzeiro que faríamos, levamos mais em consideração os destinos em que pararíamos do que o próprio navio, pois como não conhecíamos nenhum, não tínhamos como saber qual era melhor, etc… Selecionamos então o Rhapsody sem conhecer muito bem ele, mas acabamos adorando!

Nosso cruzeiro teve a duração de 7 noites e passamos pelas cidades de Punta del Este, Buenos Aires e Montevideo, além de ficarmos três dias inteiros navegando. Esse roteiro é super legal, vale a pena fazer! Mas vou contar um pouco mais sobre nossa experiência em outros posts, pois o foco hoje é o navio!

O Rhapsody of the Seas não é um dos maiores, mas tem tudo o que precisamos. Ele pertence a classe Vision da Royal, e conta com 11 decks recheados de coisas legais!

Rhapsody of the Seas

Para diversão durante o dia, são duas piscinas com água salgada, uma interna e uma externa, seis jacuzzis, uma parede de escalada (parece fácil, mas é difíííicil!), pista de caminhada e academia. Além das atividades que acontecem em diversas áreas do navio.

Rhapsody of the Seas DCIM101GOPRO

Rhapsody of the Seas
Rhapsody of the Seas

IMG_2366

Para a noite, o principal entretenimento é o Casino Royale! Ele é muito bonito e oferece desde caça-níqueis até jogos de mesa como Black Jack, roleta, Poker, etc… Acontecem também festas no Viking Crown Lounge (tipo a baladinha do navio) e festas temáticas no Centrum dependendo do cruzeiro, além de outras atividades como dinâmicas e até karaokê! O Rhapsody também conta com um teatro lindo, onde acontecem apresentações todas as noites!

Rhapsody of the Seas

 

Rhapsody of the Seas

Rhapsody of the Seas

Rhapsody of the Seas

Para quem gosta de comprar, algumas lojinhas fazem nossa alegria! São produtos diversos, desde perfumes, maquiagens, até relógios de grifes, bolsas, jóias, souvenirs, etc… tem muita coisa! E o bom é que todo dia tem uma promoção diferente para a gente aproveitar! No Rhapsody são quatro lojas: uma que vende bebidas e comidinhas importadas (tipo de free shop mesmo), outra da Royal que vende coisas deles, roupas de marcas como Tommy Hilfiger e Nautica, bijuterias, relógios, etc…, uma perfumaria e uma boutique com bolsas e óculos de grife, além de jóias de marcas famosas (e caras!).

 

Sobre alimentação, apenas elogios! O navio conta com três restaurantes que tem as refeições inclusas no pacote: o Windjammer (um restaurante de buffet bem informal que serve todas as refeições sem reserva), o Edelweiss (um restaurante a la carte mais formal que serve café da manhã, almoço e jantar, mas precisa de reserva apenas para a noite) e o Park Cafe (uma opção para quem quer algo bem rápido e mais “gordo” como hamburguers e cachorro quente, por exemplo). Além deles, existem os restaurante de especialidade, como um italiano e um japonês, por exemplo, mas a não ser que você faça questão de alguma dessas comidas, não vale a pena pagar a mais pois o Edelweiss tem pratos muito bons que já estão inclusos!

Rhapsody of the Seas

Rhapsody of the Seas

Sobre as cabines, a nossa era uma interna grande, mas que de “grande” não tinha nada! haha. Ela é bem pequena, mas dá para se organizar e pelo tempo que passamos lá dentro, não precisava ser maior.

Rhapsody of the Seas Rhapsody of the Seas

Espero que as informações sejam úteis, já que para mim, foi muito difícil encontrar esse tipo de coisa antes de viajar!

Beijos,
Carol-Borba

DÚVIDA DE MAKE – QUAL PINCEL USAR?

Oi, meninas!

Como já faz um tempinho que não falamos de maquiagem por aqui, o assunto de hoje é exatamente esse, mais exatamente o tipo de pincel que é ideal para fazer cada coisa na hora de se produzir.

São tantos modelos, tamanhos e formatos diferentes de pincéis que não tem jeito, vez ou outra ficamos tentando adivinhar para o que serve cada um, não é mesmo? Bom, para solucionar de vez essa dúvida – ou ao menos amenizar ela – trouxe para vocês um manualzinho rápido com algumas opções de onde comprar também, vem ver:

 

Pó Compacto

Pó compacto: para passar o pó compacto de forma fácil, os indicados são os fofinhos e redondos. Além disso, quanto mais cerdas melhor, assim eles podem cobrir de uma vez só algumas áreas maiores do rosto.

  1. Pincel Pó Laranja – Quem disse, Berenice?
  2. Pincel para pó – Avon
  3. 150 – MAC

Blush
Blush: para aplicar o blush, use pincéis redondos menores ou chanfrados fofos – com eles é mais fácil marcar as maçãs do rosto.

  1. Pincel Blush Rosa – Quem disse, Berenice?
  2. Pincel para blush – Avon
  3. 168 – MAC

Base
Base: para base, o pincél ideal é chato e fino, tanto para as cremosas quanto as líquidas. Com eles é mais fácil de alcançar todas as partes do rosto.

  1. Pincel Rosa Base – Quem disse, Berenice?
  2. Pincel para base – Avon
  3. 190 – MAC

Corretivo
Corretivo: para o corretivo o indicado é parecido com o de base, porém menor e mais fino, principalmente os quadradinhos.

  1. Pincel corretivo – Quem disse, Berenice?
  2. Pincel Unique base e corretivo – Belliz
  3. 195 – MAC

Beijos!

Carol-Borba

RINOPLASTIA – CIRURGIA NO NARIZ

Oi, gente!

Minha irmã fez recentemente uma cirurgia plástica no nariz, a rinoplastia, coisa que muitas adolescentes têm vontade de fazer, por isso decidimos fazer esse post, para  que ela possa contar um  pouco como foi essa experiência.

Mas antes quero deixar bem claro que esse post não é para influenciar ninguém a fazer esse tipo de cirurgia. Estamos apenas relatando uma experiência pessoal que pode servir de ”tira dúvidas” para quem vai fazer ou tem vontade. Outra coisa é que a recuperação depende de pessoa para pessoa. O que ela sentiu pode não ser o que muitas outras pessoas sentiram. Nós não temos conhecimentos médicos para falar sobre o assunto, então como já falei, estamos relatando o que aconteceu com ela.

Bom, agora sim. A Júlia, que agora está com 16 anos, já queria fazer a cirurgia há muito tempo, mas ela não pôde primeiro pela idade e depois porque estava fazendo um tratamento para acne com Roacutan, remédio muito forte que não permite que você faça nenhum tipo de operação até 1 ano após o fim do tratamento.

Depois de 12 meses após o fim do tratamento da acne, meus pais autorizaram e foram procurar algum cirurgião. Com dicas de amigos e conhecidos, eles escolheram um de Blumenau mesmo.

Essa é uma das etapas mais importantes: escolher o cirurgião e conversar muuuuuito com ele. Não adianta você chegar no consultório com fotos do nariz que você quer ter, porque não é assim que funciona. Cada formato de rosto é diferente, então seu médico vai lhe aconselhar a fazer o que combina mais com você.

Para fazer uma cirurgia desse tipo, os médicos recomendam que o paciente tenha no mínimo 16 anos de idade ou que ela seja feita pelo menos 4 anos após a primeira menstruação, para as meninas, que é quando o corpo não sofrerá mais tantas mudanças.

Antes de marcar a cirurgia, é preciso fazer uma série de exames para saber se você está apta para esse tipo de procedimento, tudo com acompanhamento do seu cirurgião.

Resolvi fazer algumas perguntas para a Júlia, para facilitar o entendimento. São cinco perguntinhas que acredito que resumam tudo.

  1. Quanto tempo durou a cirurgia? E mais quanto tempo você precisou ficar no hospital

J.: Minha cirurgia durou aproximadamente 1 hora e meia. Mas levou esse tempo porque também fiz um procedimento para corrigir o desvio de septo e um preenchimento com metacril no queixo. A cirurgia começou pelas 9hs e saí do hospital às 20hs, mas o tempo de recuperação depende de pessoa para pessoa, principalmente pela reação dela com a anestesia, que são duas, uma geral e uma local, por isso o efeito é mais prolongado.

          2. Qual o procedimento pós cirúrgico?

J.: Depois da cirurgia é colocado um tampão dentro do nariz, e um gesso do lado de fora, para não ter perigo de mexer. Um dia depois, tirei o tampão, porém fiquei ainda uma semana com o gesso. Retirado o gesso, eles colocam apenas um esparadrapo micropore por mais uma semana.

            3.  Você sentiu alguma dor após a cirurgia? Ficou algum tipo de cicatriz?

J.: Não, foi muito tranquilo. Só não podia falar muito, comer direito (o cirurgião fala o que você pode ou não comer) e muito menos tentar respirar pelo nariz, senão doía. Fiquei assim durante duas semanas, depois já conseguia falar, comer e respirar, pois tudo já estava se recuperando. A minha cirurgia não deixou nenhum tipo de cicatriz, porque tudo foi feito “pelas narinas”, porém em alguns casos é preciso fazer um corte.

                4. Teve algum ponto negativo em todo o processo?

J.: Sim, mas nada preocupante. Apenas não conseguia dormir direito, porque tive que dormir sentada durante um bom tempo. Outro ponto negativo foi que não pude lavar meu rosto durante as semanas, por causa dos curativos, e como meu rosto é muito oleoso, prejudicou um  pouco em  relação às acnes, já que havia acabado de tratar com o Roacutan. Falando nisso, se você faz uso desse medicamento, tome cuidado, você não pode fazer nenhum tipo de cirurgia até um ano depois do final do tratamento, pois é um remédio muito forte, então deixe claro para o cirurgião que você faz uso dele.

               5. Você gostou do resultado? Faria tudo de novo para ter esse nariz rsrs?

J.: Amei o resultado! Foi a melhor coisa que me aconteceu. Como o nariz fica no centro do rosto, mudando ele a gente muda todo o perfil, então estou bem contente com o meu novo. Outra coisa é que muda muito a auto-estima. Antes tinha vergonha de tirar fotos com o resto de lado, agora já me sinto a vontade com fotos assim. Passaria por tudo isso novamente, porque tanto a cirurgia quanto a recuperação foram bem rápidas!

Quem acompanha o blog já deve ter visto fotos da Jú em algum momento, mas para quem ainda não conhecia ela, nesse gif dá de notar como a cirurgia mudou o perfil dela!  

Alguém já fez esse tipo de cirurgia e passou por uma recuperação totalmente diferente? Conta pra gente como foi!

Se tiverem mais alguma pergunta, tanto sobre antes quanto depois da mudança, é só postar nos comentários que vamos responder!

Beijos!

TIRANDO DÚVIDAS DE INTERCÂMBIO COM A WORLD STUDY

Falar sobre intercâmbio é uma delícia e tem assunto que não acaba! Na semana passada fui até a World Study aqui de Blumenau falar com a Késia, que é a diretora dessa unidade. Ela é muuito mais experiente do que eu para falar do assunto já que auxilia durante o ano todo pessoas que querem realizar esse sonho.

Gravamos um vídeo bem legal e muuuito explicativo sobre intercâmbio, espero que vocês gostem 🙂

Lembrando que vocês sempreee podem perguntar sobre esse assunto que eu respondo com o maior prazer!

Os posts sobre viagens e intercâmbio estão todos na categoria VIAGEM ali no canto do blog.

Beijos

RESPONDENDO AS DÚVIDAS SOBRE INTERCÂMBIO!

58481_505821439460142_1809002567_n

Finalmenteee!! Tenho que parar de prometer coisas aqui no blog porque estou demorando demais para cumprir hahaha

Fiquei super feliz de ver vocês mandando perguntinhas, sei como decidir fazer intercâmbio é agoniante! Eu mesma passei horaaaaaaaass pesquisando, vendo vídeos no youtube e etc. Feliz que agora posso contribuir compartilhando minhas experiências 🙂

Para o vídeo não ficar muito chato e enorme, vou dividir em partes. Como as perguntas seguem quase sempre a mesma linha fui fazendo em forma de tópicos. Esqueci de falar um monte de coisa que eu queria mas vou fazendo vídeos contando as coisas sempre que der, pode ser?

Deu de entender?? Falei muito rápido? Espero que não e que tenha ajudado vocês!

As perguntas que são respondidas no vídeo são as seguintes:

  • Se comunicar em inglês com as pessoas – 1º e 2º intercambio
  • Inglês americano x inglês britânico
  • Mais fácil falar com estrangeiros do que com americanos nativos?
  • Se comunicar com os hostparents
  • Se já fiz curso/sabia inglês antes de viajar – TIMIDEZ, DIFICULDADES,  HOSTFAMILY PACIENTE, TRAVAR
  • Gastos de intercambio – Los Angeles e Londres – Levei quanto de dinheiro?
  • Vale a pena? Vale a pena apenas 2 meses?

Quero agradecer as meninas que perguntaram: Juliana, Manoela, Letícia, Marcelle, Jéssica, Liliana, Ana, Victoria, Thayane e Geomara!

Se inscrevam no canal, curtam o vídeo e me contem o que acharam, vou tentar gravar a segunda parte logo logo!

Beijosss

TIRE TODAS AS SUAS DÚVIDAS SOBRE INTERCÂMBIO OU LOS ANGELES!

A aba “contato” do blog sempre tem perguntas de LA e a maioria acaba sendo muito parecida, então montei esse formulário bem rapidinho para vocês deixarem perguntas, não precisa se identificar se não tiver com vontade hahaha Vou responder através de vídeos que fica muito mais fácil de explicar, já tenho separado algumas coisas que são indispensáveis de falar!

Podem perguntar o que quiserem que vou tentar responder… desde custo, lugar pra visitar, clima, transporte, escola… enfim! hahahah

[googleapps domain=”docs” dir=”forms/d/1jgDW50pO-XN_xwl2eH56m1pO_qDWEWiBaLb_uHkj9Ws/viewform” query=”embedded=true” width=”760″ height=”900″ /]

Aguardo a resposta de vocês!

Beijos