DIÁRIO DE UM SILICONE: PRIMEIRA SEMANA

Oieee!! Depois do primeiro post sobre minha cirurgia para colocar silicone com algumas informações mais gerais, hoje vou contar sobre a minha primeira semana de recuperação e alguns outros detalhes que eu for lembrando.

IMG_5049Uma semana depois da cirurgia! Fiz uma festinha de aniversário 🙂

Acho que é bom mencionar que esse é o MEU diário. Não quero influenciar ninguém a ficar fazendo cirurgias plásticas nem nada do tipo e sim ajudar aqueles que tem dúvidas e que provavelmente já tomaram a decisão de fazer. Também acredito que vocês saibam que algumas coisas podem mudar de pessoa para pessoa e também de médico pra médico. Eu sempre soube que eu colocaria silicone pois era algo que me incomodava muito.

Vamos lá??

08 de JULHO – Dia da cirurgia.

Fiquei super ansiosa, estava quase pirando kkkkk. Minha última refeição foi as 21h do dia anterior. A cirurgia estava marcada para as 9:30h e cheguei no hospital para internação as 7:30h. Umas 8:30h me chamaram para os procedimentos do pré-operatório. Troquei de roupa, mediram minha pressão e fiquei numa salinha esperando a hora da cirurgia em uma maca. Colocaram soro e eu odiei ficar com aquilo hahaha. Não doeu, mas fico muito agoniada de ter aquele negócio na minha mão. Não sei quanto tempo, mas fiquei bastante nessa sala. O anestesista passou e depois de um tempo veio o médico fazer as marcações. Ele conversou um pouco comigo e me falou que a prótese ainda não tinha chegado (!!!!!) quase pirei hahaha. Mas ele falou que estavam esperando um pouco pra ver se o motoboy chegava, caso contrário colocaria a nacional que não faria muita diferença. Às 10h entrei na sala de cirurgia (consciente). O anestesista falou que ia colocar o sedativo, lembro da enfermeira me mexendo e depois acordei na sala do pós-operatório. Nessa hora eu senti dor. Tossia e doía bastante também. Essa parte é a mais chata, parece que o tempo não passa, eu só queria ir pra casa.

Acho que dormi um pouco e não via a hora de ver minha mãe e ser liberada hahah. As 15:30h fui para um quarto bem confortável só pra mim. Eu já sabia que o médico ia me liberar só lá pelas 19h porque ele tinha uma outra cirurgia bem longa. Trouxeram comida, dormi e novamente o tempo não passava hahahah. Consegui comer, me deram remédio e finalmente às 20h o médico apareceu e eu quase chorei de felicidade. Ele me mostrou o resultado, fiquei bem feliz e me deu alta. Ah!  A prótese importada chegou, então seguimos o nosso combinado. As primeiras horas fora do hospital foram complicadas, eu senti bastante incomodo e essas ruas de Blumenau cheias de buracos quase me matavam de dor kkkkk.

09 DE JULHO – Primeiro dia em casa.

Esse foi o pior dia da recuperação. Dependi da minha mãe o tempo todo, senti dor, queria arrancar tudo fora, estava bem enjoada e vomitei umas 3 vezes. Minha mãe ligou para o médico e ele pediu para eu tomar omeprazol para proteger o estomago, os remédios são muito fortes e podia ser por isso a náusea. Resolveu bastante e depois disso consegui fazer as refeições normalmente. Não sei explicar, mas foi um dia péssimo pra mim. Tenho que usar um sutiã cirúrgico que aperta tudo e uma faixa para a prótese não subir, é quase insuportável hahahah. Senti dor de cabeça, nas costas e também desde o fim do pescoço até no umbigo. Não sei se sou eu que sou manhosa, mas não achei ninguém reclamando assim por ai na internet. Queria ter me preparado pra isso.

10 DE JULHO – Segundo dia em casa.

Acordei melhor, já não sentia tanta dor mas sempre aquele incomodo, um aperto que é um saco. Meus movimentos ainda bem limitados mas nada muito novo. Foi um dia difícil, principalmente quando vai chegando a noite, eu realmente sentia vontade de arrancar tudo fora kkkkk Nesse dia comecei a achar que a prótese tinha ficado muito pequena kkkkkk Mas foi basicamente dormir, comer e fazer nada kkkk

11 DE JULHO – Terceiro dia em casa.

Dia de tomar banho! Estava muito nervosa pra isso, porque ia ficar sem o sutiã e a faixa pela primeira vez e também tinha que trocar o curativo. Jurava que eu ia desmaiar porque sou fraca pra essas coisas mas graças a Deus foi bem tranquilo! Ficar um tempinho sem essas coisas me apertando foi ótimo e a sensação de limpeza então, nem se fala. O interessante é que tenho uma amiga que fez a cirurgia no dia seguinte da minha e o médico dela não liberou banho nessa parte de cima do corpo e nem mexer no curativo até tirar os pontos. Então, novamente, cada pessoa é diferente e eu estou apenas relatando a MINHA experiência, com o médico que fez a MINHA cirurgia.

12/13/14 DE JULHO 

Foi quando acordei sem dor, sem incomodos e me sentia muuuuito melhor, sério, não tem nem comparação. O aperto da faixa e do sutiã já não me deixava maluca, comecei a levantar sozinha quando estava sentada, consegui mexer bem mais meus braços e sem dores.

15 DE JULHO – TIREI OS PONTOS (E PAREI DE USAR A MALDITA FAIXA KKKKKK)

Dia de tirar o pontos e ser liberada da faixa que só aperta e incomoda. Fiquei bem feliz de ter ido no médico pois ele disse que está tudo certo, a prótese não subiu, apenas está um pouco inchada em cima, o que é normal. Ele tirou os pontos apenas das pontas, disse que os outros vão sair sozinhos/serem absorvidos… uauuu ahahha. O bom é que ele me lembrou que posso levantar os braços um pouco mais do que eu achava que podia e disse que quando completar 15 dias posso dormir de lado (graças!!!) e começar a levantar o braço até o ombro. Tenho retorno agora quando completar um mês.

OUTRAS INFORMAÇÕES

Bom, resumindo, os primeiros dias foram os mais tensos, eu precisava de ajuda pra comer, escovar os dentes, colocar roupa, principalmente por causa de dor e pela falta de movimentação nos braços. Ir ao banheiro consegui sempre me virar, só precisava de ajuda para me vestir. Aos poucos, comecei a fazer essas coisas sozinha, mas minha mãe me ajuda bastante ainda. Agora não sinto exatamente uma dor, mas parece que o músculo impede o braço de mexer e da uma “puxada”, também fico com medo.

Eu já não tenho uma postura boa e com a cirurgia piorou muito hahaah. Fiquei muito corcunda nos primeiros dias, estou me controlando agora e tentando ficar mais reta.

Dormir de barriga pra cima está sendo um drama, meu pescoço doía muito mas achei uma solução boa: sabem aqueles travesseiros pra viajar? Que são em forma de U? Estou usando um desses pro pescoço não virar tanto e resolveu MUITO.

Sobre drenagem… meu médico não tinha recomendado, mas sei que muitos indicam. Perguntei pra ele durante a última consulta e ele disse que no meu caso não é necessário, ele disse que não vai interferir no resultado final. Se eu tivesse feito uma lipo, por exemplo, daí sim seria imprescindível.

Sobre a cicatriz… eu não vi ainda! Hahaha sou muito cagona gente! Mas minha mãe me mostrou o tamanho e o corte foi bem pequeno. Perguntamos para o médico se teria que passar alguma pomada e ele disse que só recomenda para quem tem peles mais “complicadas” nesse aspecto, que não é o meu caso. Uma coisa que ele frizou desde a primeira consulta é que a cicatriz existe e nunca vai sumir. Ela vai clareando com o tempo e é isso. Não adianta sabe?

Sobre estrias… confesso pra vocês que não sou muito ligada nessas coisas, tipo não me importo hahaha mas já sabia que pelo fato de a pele esticar muito, pode aparecer estrias. Para prevenir, estou passando um creme para grávidas e meu médico pediu pra manter beeem hidratado.

É isso por hoje gente!

Se tiverem dúvidas, podem perguntar!

Beijos,

ana-caroline

RINOPLASTIA – CIRURGIA NO NARIZ

Oi, gente!

Minha irmã fez recentemente uma cirurgia plástica no nariz, a rinoplastia, coisa que muitas adolescentes têm vontade de fazer, por isso decidimos fazer esse post, para  que ela possa contar um  pouco como foi essa experiência.

Mas antes quero deixar bem claro que esse post não é para influenciar ninguém a fazer esse tipo de cirurgia. Estamos apenas relatando uma experiência pessoal que pode servir de ”tira dúvidas” para quem vai fazer ou tem vontade. Outra coisa é que a recuperação depende de pessoa para pessoa. O que ela sentiu pode não ser o que muitas outras pessoas sentiram. Nós não temos conhecimentos médicos para falar sobre o assunto, então como já falei, estamos relatando o que aconteceu com ela.

Bom, agora sim. A Júlia, que agora está com 16 anos, já queria fazer a cirurgia há muito tempo, mas ela não pôde primeiro pela idade e depois porque estava fazendo um tratamento para acne com Roacutan, remédio muito forte que não permite que você faça nenhum tipo de operação até 1 ano após o fim do tratamento.

Depois de 12 meses após o fim do tratamento da acne, meus pais autorizaram e foram procurar algum cirurgião. Com dicas de amigos e conhecidos, eles escolheram um de Blumenau mesmo.

Essa é uma das etapas mais importantes: escolher o cirurgião e conversar muuuuuito com ele. Não adianta você chegar no consultório com fotos do nariz que você quer ter, porque não é assim que funciona. Cada formato de rosto é diferente, então seu médico vai lhe aconselhar a fazer o que combina mais com você.

Para fazer uma cirurgia desse tipo, os médicos recomendam que o paciente tenha no mínimo 16 anos de idade ou que ela seja feita pelo menos 4 anos após a primeira menstruação, para as meninas, que é quando o corpo não sofrerá mais tantas mudanças.

Antes de marcar a cirurgia, é preciso fazer uma série de exames para saber se você está apta para esse tipo de procedimento, tudo com acompanhamento do seu cirurgião.

Resolvi fazer algumas perguntas para a Júlia, para facilitar o entendimento. São cinco perguntinhas que acredito que resumam tudo.

  1. Quanto tempo durou a cirurgia? E mais quanto tempo você precisou ficar no hospital

J.: Minha cirurgia durou aproximadamente 1 hora e meia. Mas levou esse tempo porque também fiz um procedimento para corrigir o desvio de septo e um preenchimento com metacril no queixo. A cirurgia começou pelas 9hs e saí do hospital às 20hs, mas o tempo de recuperação depende de pessoa para pessoa, principalmente pela reação dela com a anestesia, que são duas, uma geral e uma local, por isso o efeito é mais prolongado.

          2. Qual o procedimento pós cirúrgico?

J.: Depois da cirurgia é colocado um tampão dentro do nariz, e um gesso do lado de fora, para não ter perigo de mexer. Um dia depois, tirei o tampão, porém fiquei ainda uma semana com o gesso. Retirado o gesso, eles colocam apenas um esparadrapo micropore por mais uma semana.

            3.  Você sentiu alguma dor após a cirurgia? Ficou algum tipo de cicatriz?

J.: Não, foi muito tranquilo. Só não podia falar muito, comer direito (o cirurgião fala o que você pode ou não comer) e muito menos tentar respirar pelo nariz, senão doía. Fiquei assim durante duas semanas, depois já conseguia falar, comer e respirar, pois tudo já estava se recuperando. A minha cirurgia não deixou nenhum tipo de cicatriz, porque tudo foi feito “pelas narinas”, porém em alguns casos é preciso fazer um corte.

                4. Teve algum ponto negativo em todo o processo?

J.: Sim, mas nada preocupante. Apenas não conseguia dormir direito, porque tive que dormir sentada durante um bom tempo. Outro ponto negativo foi que não pude lavar meu rosto durante as semanas, por causa dos curativos, e como meu rosto é muito oleoso, prejudicou um  pouco em  relação às acnes, já que havia acabado de tratar com o Roacutan. Falando nisso, se você faz uso desse medicamento, tome cuidado, você não pode fazer nenhum tipo de cirurgia até um ano depois do final do tratamento, pois é um remédio muito forte, então deixe claro para o cirurgião que você faz uso dele.

               5. Você gostou do resultado? Faria tudo de novo para ter esse nariz rsrs?

J.: Amei o resultado! Foi a melhor coisa que me aconteceu. Como o nariz fica no centro do rosto, mudando ele a gente muda todo o perfil, então estou bem contente com o meu novo. Outra coisa é que muda muito a auto-estima. Antes tinha vergonha de tirar fotos com o resto de lado, agora já me sinto a vontade com fotos assim. Passaria por tudo isso novamente, porque tanto a cirurgia quanto a recuperação foram bem rápidas!

Quem acompanha o blog já deve ter visto fotos da Jú em algum momento, mas para quem ainda não conhecia ela, nesse gif dá de notar como a cirurgia mudou o perfil dela!  

Alguém já fez esse tipo de cirurgia e passou por uma recuperação totalmente diferente? Conta pra gente como foi!

Se tiverem mais alguma pergunta, tanto sobre antes quanto depois da mudança, é só postar nos comentários que vamos responder!

Beijos!

DICA DE SÉRIE: BODY OF PROOF

822x

A série que não perco um episódio é Body of Proof! Megan Hunt é médica legista e quando acontecem assassinatos ela analisa todas as evidências do corpo e junto com uma equipe de outros médicos e detetives, chegam a resolução do caso. Adoro a superioridade da Megan, como ela sempre sabe tudo e também as piadinhas que rolam. Além disso ela usa looks incríveis!

822x (1)

A série está na segunda temporada e deu uma mudada no elenco, mas continua tão boa quanto antes.

Untitled

Indico para quem gosta de séries!

Beijos!